Seahawks Rookies of the Year!

Com o fim da temporada regular, é chegada a hora de fazer um balanço sobre o draft 2016.

Vou tentar listar brevemente as 5 melhores escolhas dessa temporada, entre draftados e não draftados.

1 – Jarran Reed, DT, Alabama: 

Selecionado na segunda rodada, com a 49ª escolha, Jarran Reed foi o jogador mais produtivo dentre os draftados pelos Seahawks. Com 36 tackles, 3 passes desviados e 1.5 sacks, os números enganam pelas inúmeras pressões que o jogador força pelo interior da linha durante as partidas.

Reed vem da requintada Universidade do Alabama e chegou à NFL mostrando serviço.

2 – C.J Prosise, RB, Notre Dame:

Mesmo com poucas atuações, a escolha de terceira rodada dos Seahawks mostrou-se uma arma perigosa e versátil no ataque de Seattle.

Com 30 carregadas e 172 jardas, uma média de 5.7 YPC, Prosise viveu sua primeira temporada rodeado de lesões, mas no pouco em que esteve dentro de campo, mostrou que tem muito a contribuir.

3 – Tanner McEvoy, WR/TE, Wisconsin:

Wisconsin e Seahawks tem uma relação saudável em termos de prospects. Mesmo com poucas oportunidades, McEvoy demonstrou boa disposição para contribuir no ataque. Anotando 2 touchdowns e 9 recepções para 140 jardas (15.6 YPC), McEvoy “clama” por maiores oportunidades como recebedor dos Seahawks.

Com boa participação no Special Teams, o rookie mereceu o top-3.

4 – Alex Collins , RB, Arkansas:

Contestado no inicio da temporada, mesmo entre os integrantes de nossa equipe, Collins tirou o jogo corrido dos Seahawks do buraco varias vezes e até mesmo “salvando a pátria” em algumas oportunidades.

Com 1 touchdown e 31 carregadas para 125 jardas (4.0 YPC), Collins tem se mostrado consistente no fim da temporada regular e com a escassez de bons nomes para o tópico, o jovem escreveu seu nome em nossa lista.

Sem essa recepção, provavelmente teríamos perdido.

5 – Germain Ifedi, OG, Texas A&M:

Querendo ou não nossa escolha de primeira rodada teria que estar nesse top-5. Ifedi teve um primeiro ano terrível de adaptação ao nível da NFL, mas tem seus lapsos de qualidade. Com um coaching decente e ajuda para a próxima temporada, Ifedi pode se tornar um bom Guard para o Seahawks

Menção honrosa:

DeAndre Elliot, CB, Colorado State:

Com um numero limitadíssimo de snaps, Elliot mostrou capacidade de jogar em certas circunstâncias e ganhando experiência pode acabar sendo o novo Shead (no bom sentido).

Com 8 tackles e grandes participações no Special Teams, senti necessidade de dar-lhe pelo menos uma menção honrosa.

Deixe uma resposta