Pós Jogo – Wild Card Lions @ Seahawks

Primeira batalha vencida. O Seattle Seahawks confirmou o favoritismo em cima do Detroit Lions e venceu por 26 x 6. Apesar da boa diferença no placar, o jogo foi truncado e disputado. O Seahawks só conseguiu definir a partida no último quarto, quando anotou 16 pontos e liquidou o jogo. Foi a décima vitória seguidas em playoffs no CenturyLink Field, uma das maiores marcas da Liga. O time só volta a jogar em casa caso avance para a Final da Conferência NFC e o adversário seja os Packers ou os Giants. 
Quarterbacks:
Russell Wilson fez um bom jogo. Completou 23 passes de 30 tentativas e grande parte da produção ocorreu no segundo tempo. As jogadas terrestres funcionaram com o RB então foi poupado na hora de correr com a bola. Alguns passes não saíram perfeitos, mas foram ajustados pelos recebedores. Faltou aquele toque especial na bola.
Foram 224 jardas, 2 passes para TD e nenhuma interceptação. O rendimento na redzone foi de 75%, convertendo 3 chances das 4 aparições.
Running Backs/Fullback:
Rawls foi SENSACIONAL, sim, em letras maiúsculas. Foi o estreia dele em playoffs, vindo de jogos com rendimento muito baixo, mas não se deixou abater e mostrou o grande RB que é. Bateu o recorde de jardas terrestres em um jogo de pós-temporada, lembrando que nesse backfield já passaram Marshawn Lynch e Shuan Alexander, e carregou o time para a vitória. Foram 161 jardas em 27 tentativas, 1 TD e muito tackles quebrados.
Alex Collins entrou em poucos momentos para dar descanso a Rawls e conseguiu uma boa primeira descida com a ajuda de Glowinski. No passe de 11 jardas, o Guard fez um strike que ajudou Collins a passar a linha da primeira descida. No jogo terrestre foram apenas 13 jardas em 6 tentativas terrestres
Reece apareceu mais nos bloqueios e puxando a marcação. Uma recepção para ganhar 5 jardas e uma corrida para nenhum ganho. 
Wide Receivers/Tight Ends:
Jimmy Graham teve 3 recepções e conquistou 37 jardas, todas para converter em primeiras descidas. Não foi utilizado o tanto que gostaríamos, mas foi um bom jogo e só de estar saudável já é um alívio. Pois ficou fora de alguns snaps após uma pancada e deu susto no torcedor.
Luke teve um jogo apagado, com apenas 1 recepção e 4 jardas. Normal após ter anotado TD na última partida. Esse tipo de variação é feita para não cair na previsibilidade.
Doug Baldwin foi um monstro. Bateu no peito e chamou a responsabilidade. Recebeu bolas em profundidade, no slot, no screen, fez TD e fez uma recepção miraculosa com a ajuda de suas nádegas (hehe). Foram apenas 104 jardas em 11 recepções e 1 TD ‘’roubado’’ de Jermaine Kearse. Baldwin errou a rota e apareceu colado com Kearse e fez a recepção que deveria ter sido do companheiro.
Jermaine Kearse teve um jogo apagado e quando ia fazer um TD foi ‘’interceptado’’ por Baldwin. No total foram 2 recepções e 14 jardas.
Paul Richardson: sobre ele, não sei qual adjetivo usar. Ele foi um RÍDICULO, como diria Everaldo Marques. Fez três recepções no jogo e todas em um grau de dificuldade absurdo. Duas delas com apenas uma das mãos, sendo uma dentro da endzone para anotar o primeiro TD da equipe. Uma grata surpresa do reserva do nosso querido Tyler Lockett.
Linha ofensiva:
Começou meio desligada, cedendo 2 sacks no primeiro quarto. Mas depois se estabilizou e conseguiu proteger Russell Wilson da pressão. Não cometeu faltas e possibilitou que as campanhas não fossem jogadas fora.
Para abertura do jogo corrido foi muito bem. Grande parte do sucesso de Rawls no jogo se deve aos bloqueios realizados. Realmente foram muito bem e precisam continuar assim para o time ter chance de passar por Atlanta.
Linha defensiva:
Fez um ótimo jogo na pressão ao QB. Foram 3 sacks e muitas ameaças à Stafford. Se fosse um QB menos móvel, teria sido derrubado mais vezes. Além disso, parou o jogo terrestre dos Lions. Apenas 49 jardas conquistadas com Zenner e Stafford.
Cliff Avril foi responsável por 2,0 sacks e Michael Bennett por 1,0. Um ponto que precisa ser melhorado é o offside. Não podemos entregar 5 jardas de graça ao adversário em nenhum momento.
Linebackers:
Bobby Wagner foi um monstro mais uma vez. Foram 8 tackles e muitos deles decisivos para segurar conversões de primeira descida. Não tem o marketing que outros jogadores recebem, mas merece ser o Melhor Jogador Defensivo do Ano.
KJ Wright fez um jogo na média. Não foi uma grande partida, mas também não foi muito exigido. Na próxima partida será muito mais acionado com o jogo dos TEs de Atlanta. Spider Man neles.
Secundária:
Fez uma ótima partida. Não permitiu os Lions chegarem na Redzone não deixou Stafford completar os passes chave da partida. Só faltou forçar turnover pra ficar perfeito. 
Kam Chancellor foi o vice-líder de tackles do time, com 6 ações. Está sempre preciso na cobertura aérea e terrestre. Incrível como sempre está em cima do lance.
Sherman não foi muito acionado na defesa de passe, mas fez dois tackles que evitou avanços maiores do ataque. Se passassem por ele, possivelmente parariam na endzone, mas Sherm foi preciso.
DeShawns Shead foi demais. Foi muito acionado pois Stafford estava evitando Richard Sherman e se saiu muito bem. Foram 3 defesas de passe em 8 tentativas e nenhuma recepção completa na sua direção.
Jeremy Lane foi mal, como tem sido durante o ano inteiro. Talvez a melhor jogada dele tenha sido a ‘’falta cavada’’ em cima do Ngata. Não está fazendo jus ao contrato que recebeu.
Steve Terrell fez bem as coberturas. Tem jogado mais recuado para evitar os passes em profundidade e não foi testado ontem. Bom para adquirir mais ritmo de jogo. Semana que vem, com certeza, será mais acionado. 
Special Teams:
Kicker: Hauschka realmente está abalado. Errou um Extra Point e não teve nenhum chute que foi tranquilo. Todos foram baixos e passaram muito perto dos bloqueios. 
Punter: Jon Ryan realizou 3 punts. Um deles deixou os Lions com as costas na parede. É isso que se espera dele.
Retornador: Foi a estreia de Deven Hester no time. Ele retornou punts e kickoffs. Não conseguiu muitas jardas, mas muito mérito dos especialistas de Detroit.

Escrito por: Evandro Cavalcanti

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: