PRESS CONFERENCE UPDATES – Caroll, Bevell & Sherman

– Na Coletiva de imprensa desta Quarta-Feira, Pete Carroll lembrou de alguns jogadores que reportaram alguma espécie de lesão após o último jogo contra a equipe do SanFrancisco49aers ou que não participaram dos treinos. Vamos a eles:
Jimmy Graham não participou dos treinos desta quarta-feira. O Tigh End sentiu uma lesão no tornozelo no jogo passado, e mesmo voltando para participar de mais alguns snaps durante a partida acabou não treinando com a equipe. Pete afirmou que deverá esperar mais alguns dias para avaliar melhor a situação e afirmar se o camisa 88 poderá ou não jogar domingo.
Paul Richardson provavelmente jogará normalmente na semana 3 da temporada regular. O jogador deslocou o dedo nos primeiros momentos do jogo contra os 49ears e possivelmente não terá problemas para enfrentar os Titans.
O cornerback Neiko Thorpe perdeu metade do jogo passado por conta de uma lesão no tornozelo. O jogador não aparece em muitos snaps na secundária mas faz papel fundamental no special teams. O Head Coach afirmou que a situação do CB ainda será avaliada ao longo da semana e existe uma possibilidade de o vermos em campo.
Terence Garvin, que jogou contra os Packers e perdeu o jogo passado por uma lesão no ombro deverá ter uma chance de jogar contra Tennessee. Michael Wilhoite, jogador que substituiu Terence Garvin e jogou muito bem contra os 49ears poderá substituir Garvin caso ele não possa estar em campo em Knoxville.
Doug Baldwin não treinou com a equipe por problemas familiares. Carroll disse que ele deverá treinar normalmente amanhã.

– Pete Caroll explicou a sua decisão de não colocar Eddie Lacy como ativo para o jogo contra os 49ears. O Head Coach destacou que existe uma rotação na posição e que para colocar Thomas Rawls a disposição optou por não colocar Lacy entre os jogadores em campo. O Camisa 27 deverá ir para a partida contra os Titans nessa próxima semana.
Sobre a Linha Ofensiva, Caroll destacou que espera ao longo da semana uma competição para as posições e para melhorar o desempenho da unidade.

– Nosso querido Coordenador ofensivo Darrell Bevell destacou que ao se observar o jogo é possível verificar que o ataque tem melhorado (?!), afirmando que algumas jogadas verticais aconteceram durante a partida contra nosso rival de divisão e que alguns drops e inconsistências na red zone acabaram atrapalhando o resultado da partida, mas que em relação a semana 1 existiu uma melhora da unidade ofensiva.

– Sherman reclamou do protocolo de lesões exigida pela NFL. O Pro Bowler não entende as regras de informação de lesão, se considerando apto para o jogo na semana passada. Até, inclusive, questionou a política de reportar as lesões a NFL, chegando a afirmar que essa política mais tem a ver com apostas de Las Vegas do que com o cuidado com os jogadores.

Deixe uma resposta