Chuck Knox, o homem que transformou o Seahawks

O ano era 1983, Seahawks acabara de vir de uma temporada 4-5, da mesma maneira na qual Knox e seu Buffalo Bills viriam da temporada anterior. A greve dos jogadores entre as semanas 3 e 10 de 1982, deixaria estragos para as franquias, ficou caótica a situação de quem não se classificou aos playoffs com poucos jogos disputados. E após toda aquela turbulência, Jack Patera deixaria o posto de Head Coach do Seahawks, onde estava desde o início da franquia na NFL, em 1976. E quem seria chamado para seu lugar? O nome escolhido era o de Chuck Knox, que deixava o Buffalo Bills. Knox levou o Rams anos antes a todos os playoffs no período de 1973 e 1977, aquele ano seria o seu último em sua primeira passagem por Los Angeles. No ano seguinte seria anunciado pelo Bills, onde conseguiu levar o Bills a 2 playoffs em 5 anos. Knox seria o nome certo para mudar o Seahawks? Sim, ele seria!

Quem foi Chuck Knox? Essa é a pergunta que muitos se fazem. Chuck Knox foi o primeiro treinador a vencer um título divisional pelo Seahawks, levou a franquia pela primeira vez aos playoffs, é o segundo Head Coach com o maior número de vitórias pela equipe e também está no Seattle Seahawks Ring of Honor.

Foto por Seattle Seahawks

Logo que chegou em Seattle, causou impacto imediato na equipe. Levou a equipe a uma surpreendente final de conferência vs Los Angeles Raiders, que viria a ser campeão do Super Bowl aquele ano, passando anteriormente no Divisional Round pelo Miami Dolphins de Dan Marino. Knox levou o Seahawks a um 9-7 em seu primeiro ano. Em 1984, Knox quase venceu a divisão, com campanha 12-4, com a derrota no jogo 16 vs Broncos acabou com a oportunidade. Esta temporada mostraria que a era Chuck Knox estava colocando o Seahawks em outro patamar.

Durante os anos de 1985 e 1986, Seattle não se classificaria aos Playoffs. Em 1985, Seattle teve uma temporada muito abaixo do esperado, ficando 8-8. E em 1986, mesmo com 10-6, não foi o suficiente para classificar aos Playoffs, uma baixa na carreira.
Em 1987, a volta aos playoffs em meio a um ano conturbado, porém em 1988, Seahawks surpreenderia e venceria a AFC West pela primeira vez. Não foi um grande ano, temporada 9-7. Mesmo assim, fomos campeões e Knox entraria de vez para a história do Seahawks.

Suas últimas 3 temporadas pelo Seahawks não seriam tão positivas em relação a classificar para os playoffs, o time já não era mais o mesmo, seus expoentes quase todos já tinham deixado a equipe. Knox saia ao final de 1991 do Seahawks para ficar na história.

Knox somou 80 vitórias e 63 derrotas em temporadas regulares no comando dos Seahawks ao longo de nove anos no cargo, ele é o segundo Head Coach com o maior número de vitórias, atrás apenas de Mike Holmgren, com 86 vitórias, mas a frente de Pete Carroll, que tem 79 até então. Knox é o único técnico principal a fazer parte do Ring of Honor do Seattle Seahawks, tendo entrado para a galeria de ídolos eternos em 2005.

Nascido em Sewickley, na Pensilvânia, Knox teve um retrospecto de 186 vitórias, 147 derrotas e um empate em jogos de temporadas regulares, além de sete vitórias e 11 derrotas em jogos de playoffs, ao longo de suas 22 temporadas como head coach. Chuck Knox foi nomeado Técnico do Ano na NFL em 1973, 1980 e 1984, este último como treinador do Seahawks. Chuck Knox era conhecido por “Ground Chuck”, apelido dado para ele por sempre montar grandes esquemas de Run Game.

Falecido no último domingo, dia 13 de Maio de 2018, por demência. Deixou um legado vitorioso em Seattle, Buffalo e Los Angeles. Descanse em paz, Ground Chuck.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: