Seahawks – Temporada 2018 – Previsões semana a semana

Como vão vocês, meus camaradas torcedores dessa maravilhosa instituição que nos traz muitas alegrias, porém sempre acompanhada de muita dor de cabeça, fazer o que não é? A imagem aqui em cima já da um tom do que precisamos fazer nesse ano…

Julho chegando a metade final, os 7 meses pós SuperBowl se esvaindo na mesma velocidade que a nossa secundaria, copa do mundo veio e já foi, a seleção canarinho padeceu perante a cambada de moleques e “parças” que há muito já dominam os vestiários, capitaneados pelo canastrão de quinta categoria e insuportável Neymar, cheios de pose, burrice, fotos em redes sociais e nada de bola…mas enfim, não é pra discorrer sobre o patético escrete da CBF que venho aqui escrever estas mal escritas linhas, mas sim pra falar da possante temporada regular 2018 da nossa amada NFL que se avizinha, mais precisamente do Schedule do time que inspira nossos corações e mentes ano após ano, Seattle Seahawks. As dificuldades semanais que estão a nossa espera? O que esperar? Qual record está por vir? Será que poderemos esperar por playoffs? São perguntas que ao longo do texto vou tentar, no meu ponto de vista claro, responder, você leitor que concordar ou discordar, vamos lá, leia e comente dando o seu parecer.

 

Temporada 2018 à porta, e tudo mudou, tanto no âmbito geral da liga, quanto nas particularidades das divisões, outrora lideres e figuras fáceis de chegar ao fim de dezembro como primeiro de sua divisão, esse ano já nem estão mais entre os 2 melhores times, divisões fortíssimas aparecendo, esquadrões sendo montados, equipes sendo melhoradas, e todo o cenário pra esse ano já se modifica do que era no ano passado…ora, e é isso que nos faz amar essa liga.

Isto posto, a situação na NFC West não poderia ser diferente, na verdade a divisão exemplifica a característica da liga de ser um constante ciclo onde nada ou quase nada se perpetua (Patriots, alguém??). Temos o seguinte cenário hoje, um LA Rams favoritaço a levar a divisão, e não poderia deixar de ser, temos aqui o nome da vez na divisão e discutivelmente na própria conferencia, o excelente trabalho feito pelo excelente Sean McVay no ano passado elevou o time a outro patamar, elevou jogadores a outro patamar, e pra não acabar por ai, o que já era muito bom ficou ainda melhor com uma free agency agressiva, trazendo nomes pro roster do calibre de Ndamukong Suh, Marcus Peters, Aqib Talib, Sam Shields e Brandin Cooks, perderam grandes nomes que se firmaram ao longo dos anos na equipe como Alec Ogletree e Robert Quinn, mas vocês conseguem imaginar Aaron Donald e Suh, snap pós snap? Será monstruoso.

San Francisco 49ers em uma potente reconstrução, fincada sobre a potencia e precisão dos passes do ótimo Jimmy Garoppolo, ótimas armas em Pierre Garçon e Marquise Goodwin, grupo coeso e equilibrado comandado pela recente sensação Kyle Shanahan, que em nada lembra o caos instaurado pós Jim Harbaugh, e ele, o nosso ex Corner, amado e odiado, Richard Sherman, que certamente travará ótimos duelos e ainda tem lenha pra queimar na nova casa.

Podemos dizer facilmente que a situação em Arizona é o contraponto, o elo mais fraco? Uns dizem que sim, eu particularmente acho que, caaalma, o grupo tem bons nomes, no ataque e na defesa, um Sam Bradford que sabe fazer o dever de casa, um Rookie QB que é o centro das atenções como um suposto futuro da franquia, um steal danado do ultimo draft, enfim, um time que sim, pode conquistar êxito em alguns jogos.

Paralelo a tudo isso, temos Seattle, o outrora melhor time da divisão e um dos mais talentosos da liga (pra mim por 4 anos o melhor da liga), em processo de reconstrução, já dito aos borbotões aqui no site entre artigos e podcasts (leia e ouça eles!). Uma completa incógnita, time remodelado, comissão bastante modificada, e um navio cargueiro ancorado nas costas do QB mais baixinho da liga, te vira nos 30 Russell.

 

Então, sem mais delongas e vamos lá ao que interessa, la vai…

Seattle, we have a problem!

 

Semana 1 – Domingo, 09/09; Seattle at Denver

A tão esperada estreia de temporada, aquele domingo que nós sonhamos em chegar a ele, tarde ensolarada, cerveja trincando, bandeira hasteada, mantos devidamente vestidos, TV ligada no máximo e voilá, o domingo da NFL voltou! Hey, Von Miller e Bradley Chubb!!!!??? Ahhhhhh ta de sacanagem!

Sim, é isso. Logo na semana 1 teremos pela frente um dos melhores pass rush da liga, com o melhor LB do jogo, e um calouro que assombra as OLs adversárias desde o College, e justo a nossa logo, famosa unidade porosa terá esse abacaxi pra descascar. Mas nem tudo é pessimismo, hey man, temos um ótimo time, temos grandes nomes também, Denver perdeu muitos nomes desde aquele absurdo desempenho defensivo em 2015. Pra esse ano houve a chegada do bom Case Keenum que veio de ótimas atuações em Minnesota e conseguiu um grande contrato em Denver, ainda está por lá a boa dupla de WRs Thomas/Sanders que costumavam fazer chover em anos passados, mas também houve a partida do ótimo CJ Anderson, um RB explosivo, atlético, que agora usará seu talento com a camisa dos Panthers, Aqib Talib defenderá nosso rival de divisão, enfim, Vance Joseph tem peças a serem montadas na melhor ordem ainda, é uma casca dura.

Apesar das dificuldades, tanto pelo time, quanto pelo jogo no Mile High, com a sua já conhecida altitude e a influencia no jogo, aqui aposto numa vitória do time visitante, Seattle pode trazer na bagagem uma vitória, time mais talentoso em resconstrução contra um time bem menos talentoso em reconstrução. Russell Wilson correrá alguns km nesse jogo, mas a vitória virá.

1-0

 

Semana 2 – Segunda, 17/09; Seattle at Chicago

Moooonday Niiight baby! Hell Yeah!

O primeiro de muitos jogos no horário nobre nessa temporada, dessa vez o time aterrissará em Chicago e medirá forças com os Bears no tradicionalíssimo Soldier Field.

3 anos se passaram desde o ultimo encontro desses dois times, em Seattle não houve piedade, vitória acachapante, no entanto, era um cenário completamente diferente, Chicago era liderado nessa peleja pelo tenebroso Jimmy Clausen, Seattle ainda tinha uma defesa excelente grandes nomes em todos os níveis, um outro cenário.

Hoje, Mitch Trubisky depois de uma temporada de calouro interessante, dá um sopro de esperança que essa franquia volte aos bons e empolgantes tempos, há material pra uma temporada boa, jogo corrido com o excelente Jordan Howard, bons alvos aéreos nos recém chegados Taylor Gabriel e Allen Robinson, ótima linha ofensiva dando tempo ao seu QB, uma defesa com bons nomes, o muito bom e interessante OLB Leonard Floyd, escolha de primeira rodada muito talentoso mas que nesses 2 anos de liga tem encontrado problemas em jogar todos os jogos, entre concussões e lesões, muito do seu potencial ainda está para ser visto, há também o ILB Danny Travathan e o primeira rodada desse ano ILB Roquan Smith, uma adição espetacular e que irá causar grande impacto na defesa contra o jogo corrido, aqui já temos uma dupla de respeito pra alinhar nas proximidades da trincheira, um outro time surge em Chicago.

Será um grande jogo, com certeza, mas é bem possível a segunda vitória consecutiva, com todos os nossos problemas, ainda somos enquanto time, muito melhores que as peças de Chicago, obviamente poderemos nos deparar com um jogo matador de Jordan Howard, um uso demasiado das play actions por Matt Nagy, e há a possibilidade de engrossarem o caldo, mas tirante isso, creio numa vitória. E já que citei ele, Matt Nagy é o novo HC dos Bears, portanto, na semana 2 ainda poderá haver ajustes a serem feitos, modelagem melhor de um playbook, enfim, um jogo onde a vitória pode e deve chegar…

2-0

 

Semana 3 – Domingo, 23/09; Dallas at Seattle

Finalmente, abrem-se as portas do maravilhoso Century Link, a bandeira sobe, os falcões do mar voam por sobre a grama, a torcida em êxtase grita e agita os lenços com as cores do manto sagrado, sim the football’s back to the town!

Na estreia em nossos domínios teremos a sensação da penúltima temporada, o jovem elenco de Dallas, ótimos nomes em campo, e um comandante contestado fora dele, sim meus amigos Jason Garret ainda comanda as chamadas nos Cowboys, pra infelicidade dos torcedores deles e alegria dos adversários.

Ainda tá recente nosso último embate, em Dallas na semana 16 da temporada passada, jogo de vida ou morte para ambos , tensão no AT&T, e saímos de lá com a Vitória, forçando turnovers, não cedendo espaços para o ótimo Ezekiel Elliot correr, cobrindo  bem as descidas dos WRs, uma ótima atuação do nosso CB Justin Coleman e a vitória veio, sepultando as pretensões de Dallas e até selando o destino de um dos grandes WR da liga Dez Bryant, que teve um jogo esquecível.

Mas é claro, as coisas mudaram, temos até uma historia paralela, um ingrediente a mais pra esse jogo, sim, a situação Earl Thomas, vai ou não vai pra lá, fica ou não fica por aqui, e a novela mexicana se estende. Tirante a isso Dallas vem com sua excelente, maravilhosa linha ofensiva, dessa vez enfrentando um pass rush não tão poderoso, perdemos nomes ai. Dak Prescott depois de um primeiro ano de encher os olhos caiu demais no segundo e agora vem para o ano de confirmação, será um jogo duro, claro, nunca é fácil enfrentar uma franquia dessa envergadura e uma camisa pesada como a de Dallas, porém mais uma vez, tudo indica que o fator casa pesará como já é de costume, e Seattle conseguirá a vitória, a terceira consecutiva, já conseguindo algo que não conseguíamos desde a já longínqua temporada de 2013, a nossa temporada! Três vitorias consecutivas, seria um sinal???

3-0

 

Semana 4 – Domingo, 30/09; Seattle at Arizona

Primeiro jogo na divisão, e temos o já conhecido time que costuma sempre ser uma pedra no sapato…quando joga em Seattle!

Mas nesse caso vamos a Arizona, no terceiro jogo fora de casa nas quatro primeiras semanas, e seguindo a linha das ultimas temporadas, apesar do bom time dos Cardinals, uma vitória aqui será o placar mais obvio. Arizona, como já dito lá em cima, também assim como nós, está numa reconstrução, só que na posição de QB Bradford aparece como o starter, porem não se pode negar que os camps podem indicar uma batalha pela posição.

Bruce Arians se aposentou, deixando um vácuo, que veio a ser ocupado por Steve Wilks, que trabalhou por anos em Carolina fazendo um bom papel, com uma mentalidade defensiva pode vim a ser uma boa referencia para nomes como os excelentes Chandler Jones, Robert Nkemdiche, o segundo anista e ótimo S Budda Bakker e o não menos que perfeito Patrick Peterson, mas também há o desfalque de Tyrann Mathieu que deixou a equipe pra assinar com os Texans, uma enorme perda na secundaria. No outro lado da bola, há um jogo corrido muito bem conduzido por David Johnson (um dos melhores da liga na posição, mas que vem de uma temporada marcada por lesão onde jogou apenas 1 jogo) e o sempre ótimo e interminável futuro HoF Larry Fitzgerald.

Um jogo encardido, como costumam ser os embates dos rivais de divisão, no ultimo encontro um jogo tenso em um TNF extremamente polemico, que chamou a atenção pra esse jogo no meio de semana onde as equipes não tem o valioso tempo de descanso, jogo que nos titou Kam Chancellor para sempre, e também contundiu Richard Sherman para o resto da temporada.

Russell Wilson terá tudo pra ter outro grande jogo, quem sabe mais uma jogada mágica como aquele passe de 60 jardas…

4-0

 

Semana 5 – Domingo, 07/10. Rams at Seattle

Los Angeles Rams, um dos fortíssimos candidatos ao titulo de conferencia, favorito e muito pra levar a divisão, o pior adversário possível se considerando nossa maior fraqueza com o que eles tem de mais forte.

Não há muito o que dizer aqui, eles mais uma vez virão a Seattle, e tal qual na ultima, uma sapatada nos aguarda, o poderio deles pra essa temporada tá em níveis absurdos, a janela para o SB está escancarada pra essa franquia. Nossa OL será obliterada, Russell Wilson correrá pra cerca de 5km, coitado, Todd Gurley auxiliado pela excelente OL formada por Sean McVay, correrá pra mais outros 2. Enfim, é isso, seguremos as lagrimas pra essa tarde, arrumem suas cervejas e…bebam.

4-1

 

Semana 6 – Domingo, 14/10; Seattle at Raiders

Olha quem estará no nosso caminho, sim, ele mesmo, nosso amado, eterno, nosso deus, Marshawn Lynch, que se aposentou em Seattle, depois voltou a jogar por Oakland, e agora está em Las Vegas…sim eu não to bêbado (ainda) e você ta se esquecendo, Oakland agora é Las Vegas Raiders, e as coisas estranhas não param por ai, esse duelo campal será travado fora do glorioso solo americano, para ser jogado lá mesmo, na antiga metrópole, Inglaterra, Londres.

Não é nenhuma novidade, jogos lá acontecem há mais de 10 anos, dessa vez seremos nós, e vamos as previsões do cotejo.

Oakland é uma equipe traiçoeira, possui grandes nomes, mas nem sempre costuma praticar um grande jogo. Vejamos, ofensivamente Derek Carr tem excelentes armas, Amari Cooper, Jared Cook e os recém adquiridos Martavis Bryant e Jordy Nelson, que podem conferir um ar mortal a qualquer secundaria da liga, no jogo corrido Marshawn Lynch dividirá carregadas com Doug Martin, nem preciso citar a excelente OL que a equipe tem…grupo interessantíssimo. Defensivamente, Khalil Mack, um monstro que dispensa comentarios, Bruce Irvin ainda produzindo, no seu primeiro duelo contra seu ex time, o mesmo vale pra Athyba Rubin e há também o recém chegado veteraníssimo Derrick Johnson, mas também aqui encontra-se a fraqueza do time, a secundaria, costumeiramente porosa e um deleite pra QBs e WRs em geral, essa fraqueza certamente será explorada pela melhor conexão da liga em passes em profundidade Wilson/Baldwin e creio que voltaremos de Londres com mais uma vitória na bagagem. Lembrando que os Raiders também contam com mudança importante na comissão, tendo saído o HC Jack del Rio depois de uma temporada passada pífia, assumindo a figuraça Jon Gruden, campeão do SB XXXVII por Tampa, curiosamente contra a equipe dos Raiders, voltas que a vida da…

5-1

,

 

Bye Week

 

 

Semana 8 – Domingo, 28/10; Seattle at Detroit

Uma palavra pode descrever esse jogo, pedreira, e das brabas.

Os Lions costumam sempre fazer excelentes jogos, altas pontuações, emoção ate o ultimo minuto. Nesse duelo não será diferente, Stafford é um QB já consolidado, seguro e preciso pode levar seu time longe, as armas estão la, o excelente Golden Tate e o bom Marvin Jones formam uma dupla sempre interessante nos passes e ainda há a adição do ex seahawks Luke Willson, no seu primeiro jogo contra a ex equipe, TE seguro que ajuda bastante na proteção e bloqueios, no jogo corrido a adição do ótimo e subestimado LeGarrette Blount confere um grau matador a ameaça terrestre.

Defensivamente o time sempre trouxe problemas a Seattle, Ansah é um monstro que sempre consegue seus sacks contra nosso time, boa defesa contra o jogo terrestre pode aparecer, e eu creio que o fator casa ajudará.

No ultimo embate entre os dois, wildcard playoffs 2016 em Seattle, depois de um primeiro tempo morno com os dois times travados por ambas as defesas, Seattle deslancha e com uma excelente atuação de Thomas Rawls e Paul Richardson, consegue uma vitória ate elástica, Stafford estava com uma contusão na mão, o que limitou bastante suas habilidades. Agora em um outro contexto, vejo uma vitória dos Lions, com um ótimo jogo da boa OL protegendo o QB e uma boa performance defensiva em seus domínios.

5-2

 

Semana 9 – Domingo, 04/11; Chargers at Seattle

Os Chargers tem um dos elencos mais talentosos da AFC, eu particularmente acredito que esse ano pode ser o ano deles, equipe coesa, grandes nomes no auge, muito talento nos dois lados da bola e um QB de elite futuro HoF. Ai estão os ingredientes pra essa equipe voltar aos dias de gloria.

Com um dos melhores pass rush da liga, com uma dupla do calibre de Joey Bosa e Melvin Ingram, os Chargers encontram em Seattle o adversário ideal pra se criar uma longo longo dia de pressão e sacks, vai ser um jogo duríssimo.

No outro dado da bola,  Antonio Gates já não está mais no grupo, um dos grandes TEs da historia e a cara da franquia ao lado de Rivers, é agora um free agent e pra piorar, o segundo anista e seu substituto natural no elenco Hunter Henry, sofreu uma contusão séria que o fará perder esta temporada, mas nem tudo são más noticias, Kennan Allen finalmente conseguiu uma temporada de muitos jogos e provou no ano passado que é um dos melhores WR da liga, no jogo terrestre Melvin Gordon vem pra temporada em que se firmará como um dos grandes nomes da posição.

Esse é o cenário, uma batalha será travada em Seattle, onde entre mortos e feridos , creio que Russell Wilson operará seus milagres fugindo da pressão constante, conseguirá encontrar janelas na cobertura do excelente CB Casey Hayward e na base da raça e da força, conquistará essa vitória em nossos domínios, vitória maiúscula por sinal.

Uma obersavaçao, estamos na semana 9, e até aqui todos estarão assombrados com as performances do calouro dos Chargers, Derwin James, SS atlético e muito talentoso que muitos dirão ser o novo Kam Chancellor, cuidado Baldwin/Lockett…olho nesse cara rapaziada.

6-2

 

Semana 10 – Domingo, 11/11; Seattle at Rams

Semana 10, adversário pegando fogo, a essa altura Donald/Suh já acumularam vitimas pelo caminho, eles querem quebrar nosso QB mais uma vez…

Não precisamos falar desse jogo, próximo…

 6-3

 

Semana 11 – Quinta Feira, 15/11; Packers at Seattle

A tabela não poderia ser pior nesse momento da temporada, justo o maldito jogo do Thursday Night será contra a equipe de Aaron Rodgers, e justo 4 dias após termos ido a Califórnia pegar porrada dos Rams, sem tempo pra descansar, pra curar os baques, se recuperar mental e fisicamente, enfrentaremos a ótima equipe de Green Bay, que vem de uma vitória tranquila em casa contra o coitado Dolphins.

Nosso histórico recente contra eles não é nada bom, se eu tivesse de resumir em uma palvra seria, turnovers! É incrível a quantidade de interceptações que Russell Wilson consegue produzir contra os Packers, “ahhhh mas e aquela vitória na final da NFC?” Turnovers, turnovers e mais turnovers…alem do mais, desde aquele dia já se vai muito tempo, de lá pra cá Seattle tem sido presa fácil pra equipe de Mike McCarthy, que sequer contava com grandes defesas, grandes unidades de secundaria, coisa que vejam só, é diferente pra esse ano.

Com escolhas seguidas na primeira rodada de CBs, podemos até dizer que eles foram os grandes vencedores do ultimo draft, tendo conseguido esse ano os ótimos Jaire Alexander e o não menos que ótimo Josh Jackson, respectivamente na primeira e segunda rodada, somando a eles o segundo anista Kevin King que vem de uma temporada de calouro marcada por lesão que o tirou de muitos jogos, mas que tem potencial pra se firmar esse ano, Green Bay pode finalmente ter dado o passo para possibilitar que Rodgers volte ao grande jogo de fevereiro, melhorando demais sua secundaria.

Isto posto, desnecessário falar sobre a qualidade ofensiva que eles terão este ano, Rodgers é ainda o melhor QB da liga, Davante Adams e Randall Cobb são alvos excelentes e com um entrosamento impar entre si, e pra melhorar ainda mais, eis que chegou nosso antigo TE pra engordar as opções na red zone, Jimmy Graham poderá ser um alvo monstruoso nas mãos de Aaron Rodgers, quem sabe ele volte aos grandes anos de New Orleans onde ele figurava como um artilheiro nato, um jogador imparável nas 20 jardas finais do campo.

Jogo duro, muitos turnovers, muita pressão vindo principalmente pelas mãos dos DEs Mike Daniels e da nova aquisição vinda dos Jets Muhammad Wilkerson, veja só o a qualidade desses edge.

Green Bay suará a camisa…ou não. E levará a vitória pra Wisconsin.

6-4

 

Semana 12 – Domingo, 25/11; Seattle at Carolina

Após duas derrotas consecutivas, Russell Wilson e companhia partirão para a Carolina do Norte pra bater de frente com o sempre competitivo time de Cam Newton.

Depois de uma maravilhosa temporada em 2015 onde Newton foi eleito MVP e a equipe foi ao SB, os Panthers vivem uma gangorra, uma temporada 2016 terrivel e patética e um 2017 onde foram aos playoffs novamente tendo sido eliminados pelos Saints no wildcard, mas sem deixar de lutar vendendo caro o jogo em New Orleans.

Pra essa temporada há novidades nos dois lados do campo, pra engordar a massa corporal do jogo terrestre, chegou via Broncos o ótimo RB CJ Anderson que vem pra formar uma dupla de extremos com o segundo anista Christian McCaffrey, e na defesa a aquisição do muito bom DT Dontari Poe, ex chiefs e que vem pra acrescentar demais tanto na pressão ao QB quanto na contensão do jogo corrido. Junte a isso os bons e velhos nomes da equipe e teremos um jogo duríssimo no sempre quente Bank of America Stadium.

Nosso velho problema em limitar os TEs adversários aparecerá nesse jogo, Greg Olsen conseguirá ótimos números, Cam Newton o encontrará, nosso jogo corrido já pedestre não funcionará perante a ótima atuação de Poe/Kuechly/Davis e os Panthers conseguirão uma ótima vitória contra seu rival de conferencia. E o que não acontecia desde a temporada 2011, acontecerá nessa agora, Seattle perderá 3 jogos consecutivos…mal sinal.

6-5

 

Semana 13 – Domingo, 02/12; 49ers at Seattle

Eis que chegamos ao grande jogo, sim, temos de volta a rivalidade de anos atrás.

Não apenas pela sensível melhora do time californiano, se colocando (ao menos teoricamente) como contender na divisão, mas por aquela que foi uma das maiores movimentações na offseason, Richard Sherman em San Francisco. Um dos pilares de uma das melhores defesas da historia do jogo, a cara de uma franquia, ídolo, líder (para o bem e para o mal), simplesmente assinou com um rival de divisão clássico, e fez deste primeiro jogo entre eles e quis o destino que fosse logo em Seattle, o jogo da semana, e não poderia ser num palco melhor…Sunday Night Football! Que beleza.

O que temos a saber da equipe de San Francisco? Três coisas, eles agora tem um QB pra chamar de seu, um ótimo coach inventivo e com mentalidade vencedora e o mais importante, um time equilibrado, boa OL, bons alvos aéreos (como citado no início do texto), perderam Carlos Hyde mas não chega o jogo corrido a ser um grande problema, defensivamente Reuben Foster, Solomon Thomas, DeForest Bunckner conferem boa pressão nas trincheiras.

Será um desafio e tanto, jogo pegado, certamente com muita pontuação, mas Russell Wilson e companhia contornarão os problemas, nossa defesa terá grande dificuldade em parar o braço preciso de Jimmy G, mas nosso QB terá uma noite feliz e dentro de nossos domínios confirmará a recente hegemonia sobre o adversário. Richard Sherman será queimado a noite toda…

7-5

 

Semana 14 – Segunda, 10/12; Vikings at Seattle

Esse jogo, meus amigos, que jogo!!

Segunda peleja seguida em nosso território assim como segundo jogo seguido em horário nobre e teremos pela frente a nada menos que excelente equipe dos Vikings, atual finalista de Conferencia, e muito bem reforçada pra essa temporada.

Vindos de uma excelente temporada com record 13-3, os Vikings tem ao meu ver, o terceiro melhor elenco da NFC, coeso em todos os setores, com nomes pesadíssimos em todas as unidades.

Kirk Cousins chegou na offseason, e junto com ele a esperança de uma ida mais longe do que a do ano passado, sim meus amigos, a janela do SB está escancarada também pra eles. Vejamos, ofensivamente a equipe conta com o já citado e ótimo Cousins comandando as ações, pelo chão Dalvin Cook que perdeu muitos jogos ano passado devido a contusão e Latavius Muirray que vem de ótima temporada carregarão o piano, OL vai muito bem obrigado tendo na dupla de T Riley Reiff e Mike Remmers seus principais nomes e no jogo aéreo a maior força ofensiva da equipe, Adam Thielen vem de uma temporada nada menos que espetacular e se firmando como um dos melhores WRs da liga sem duvida, Stefon Diggs sempre ótimo nas rotas, um ótimo e seguro alvo sempre encontrando a separação necessária, será uma ótima parceria para Cousins e seus passes em profundidade e tem em Kyle Rudolph um TE seguro, com ótimas mãos e muita qualidade, se provando um dos bons TEs da liga ano após ano. No oposto da bola, Minnesota conta com também uma excelente equipe, na verdade to sendo muito comedido…não é exagero afirmar que aqui está o melhor front seven da NFL! Vejam, Everson Griffen, Danielle Hunter, Linval Joseph, o veteraníssimo e sempre excelente Brian Robinson, nosso ex DT Sheldon Richardson, o também excelente LB Anthony Barr e mais Eric Kendricks…Qual equipe tem todo esse poderio? Talvez os Eagles, mas ainda acho inferior. Somando-se a isso, um CB do Calibre de Xavier Rhodes e um S da envergadura de Harrison Smith com uma temporada passada sensacional, pra não dizer perfeita. Sim, temos aqui uma das melhores defesas da liga, se não for a melhor.

Na semana anterior a essa os Vikings terão jogado e vencido os Patriots em Foxborough, virão a Seattle no embalo dessa vitória maiúscula. Não acho que seja necessário dizer mais nada, lutaremos, venderemos caro o jogo, mas o adversário tem mais qualidade, e sairá vencedor, será uma longa noite pra nossa OL e principalmente pra Germain Ifedi que terá de lidar com Everson Griffen por 3h, oremos…

7-6

 

Semana 15 – Domingo, 16/12; Seattle at 49ers

Temporada chegando ao fim, e teremos mais uma vez o embate entre os rivais, mas dessa vez na Califórnia. Depois de ouvir as vaias ensurdecedoras no Century Link, Richard Sherman agora contará com o apoio de sua nova torcida.

Mas de nada adiantará, novamente, será queimado por Russell/Doug, e amargará a segunda derrota.

Seattle confirmará o elenco mais talentoso e arrancará a vitória.

Por meus cálculos ambos estão 7-6 nesta semana, após o jogo, o time da casa estará 7-7…

8-6

 

Semana 16 – Domingo, 23/12; Chiefs at Seattle

Penúltimo jogo do ano, e já tá batendo aquela bad forte de fim de temporada, a saudade se aproxima. Estamos 8-6, e estamos vivos na batalha dos playoffs, fato este que tornará esse jogo, um jogo chave.

Kansas estreou seu novo QB, Pat Mahomes, o Gunslinger de Texas, e ele tem muitas armas e o time tem muitas formas de vencer um jogo, Karem Hunt líder de jardas terrestres ano pasado chega pra se afirmar na liga como um dos melhores na posição, dividirá carregadas com o bom Spencer Ware, no jogo aéreo o muito veloz Tyrek Hill e o recém chegado dos Rams Sammy Watkins são os alvos em profundidade, e um dos melhores TE da liga, Travis Kelce vem pra tentar confirmar a sina que a nossa defesa tem contra grandes TEs.

Teremos um jogo! Não será fácil, mas as perdas defensivas dos Chiefs fará a equipe vuneravel perante Russell Wilson, e eles não serão capazes de nos derrotar em nossos domínios, Mahomes sentirá a pressão e cometerá erros.

Venceremos e os playoffs podem estar perto.

9-6

 

Semana 17 – Domingo, 30/12; Arizona at Seattle

Ufa, chegamos ao fim da temporada, ainda temos chances, precisamos vencer.

E no já tradicional ultimo jogo do schedule contra Arizona, em casa, sempre também é tradicional uma pedreira.

Mas não será desta vez, e triunfaremos.

Como segundo colocados na divisão, plaaaayoffs here we go again!

10-6

 

 

Então é isso pessoal, ai estão minhas previsões pra esse ano.

Confesso que após o draft eu tava muito mais pessimista, se hoje acho que terminaremos com um record 10-6, ali eu realmente acreditava em um 4-12, um olhar mais atento a nova filosofia de jogo que nosso time vai adotar me fez mudar de ideia, temos ainda muito talento, demais até, podemos esse ano ver do que nosso QB é verdadeiramente capaz, e olha que ele já é um top 5 na liga.

Creio que finalmente teremos um jogo corrido forte, tenho muitas esperanças em Chris Carson/Rashad Penny, também em JD McKissic e Mike Davis. Esse ano temos chance de competir bem, confiemos no trabalho de Mike Solari, quem sabe ele da o tão aguardado rumo a nossa linha ofensiva, esperemos que sim.

É isso pessoal, temporada chegando, preparem seus fígados, arrumem suas cordas vocais porque o caos se aproxima.

Ate a próxima rapaziada…

Go Hawks!!!!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: