Dallas at Seattle – Pré Jogo

 

 

 

Semana 3 chegando e é incrível como algo que esperamos tanto pra chegar, quando chega passa mais rápido do que imaginamos.

E também é incrível como esperamos tanto tempo para ver nosso time, fazemos mil previsões, nos iludimos com novos ares, novos pensamentos, novas direções, e ai quando chega o grande momento, só temos as mesmas decepções de sempre, a mesma postura blasé de sempre, com um ar arrogante de quem está completamente perdido querendo se fazer passar por algum completamente seguro.

A palavra que martelou a nossa intertemporada foi a maldita “reconstrução”.

Porque maldita, mas ela não é boa? Sim, ela é. O problema é que tudo não passou de um embuste, uma promessa vazia, um gigantesco pano quente. Não está havendo reconstrução alguma em Seattle, muito pelo contrario, a franquia ainda está no seu processo de destruição, comandado pelos nossos senhores Pete Carroll/John Schneider.

Mas não é pra tratar disso (ainda) que venho aqui escrever minhas mal escritas linhas, e sim pra dar uma pincelada sobre o que pode vir a acontecer no nosso primeiro duelo em nosso território, Dallas@Seattle, que jogo interessante.

Após duas derrotas decepcionantes para Quarterbacks medíocres, vamos enfrentar a jovem e boa equipe dos Cowboys, hoje pra fugir da mesmice, escreve esse pré jogo com uma cara de lamento, não adianta mais elencar os pontos chave, quando uma das equipes (Seattle) não tem ponto chave algum, sendo só um amontoado de indivíduos em campo, com outro amontoado de indivíduos na sideline, os primeiros jogando mal enquanto os segundos, treinando e comandando pior ainda. (aqui peço perdão pra fazer um mea culpa, nossa secundaria está fora disso, eles continuam excelentes, McDougauld. Griffin e Thomas, são jogo após jogo, um alento para os nossos olhos, um sopro de esperança em nossos rostos) 

 

Particularmente, eu vejo como a grande unidade de um time de futebol americano, no sentido de importância, a linha ofensiva. Porque? Em resumo, um bom jogo depende quase que no completo, da qualidade do seu grupo de OLs, seja o jogo terrestre ou o jogo aéreo. Porque estou falando isso? Porque vamos enfrentar a equipe de Dallas, notória por ter, ao longo de drafts passados, montado um grupo excepcional com escolhas de primeira roda e que ainda estão ai possibilitando as armas para o time vencer, Tyron Smith, Zack Martin e Travis Frederick (que não joga por problemas de saúde) são exemplos de como uma franquia pode resolver seus problemas agindo com inteligência focando naquilo que realmente é importante que é a proteção ao QB.

E a linha ofensiva de Seattle? Ah meus amigos, preciso falar alguma coisa? Sim, por incrível que pareça, preciso. Há uma possibilidade do nosso C titular Justin Britt não jogar hoje, seu status segue como questionável, além do fato do nosso LG Ethan Pocic estar conclusivamente fora, sendo assim poderemos ter hoje como titular JR Sweezy como LG e Joey Hunt como C, mais a volta de DJ Fluker como RG, ou seja, teremos problemas, muitos problemas. Mais uma vez.

É obvio que só um QB nesse jogo terá a devida proteção, e não é Russell Wilson, só pra variar.

Dallas larga na frente aqui, bem na frente.

Na semana passada no jogo entre Giants vs Dallas, Eli Manning sofreu 6 sacks, wow.

É sabido que o front seven dos cowboys vem bem esse ano, principalmente na figura de DeMarcus Lawrence, segundo em sacks no ano passado e que já contabiliza 2 nesta temporada. Aqui está um duelo guardadas as devidas proporções, como já tivemos nas duas semanas anteriores, Russell Wilson poderá ter novamente uma longa tarde em Seattle e a media de 6 sacks sofridos por partida ate agora, poderá ser mantida.

Mas você pode se perguntar, mas é um jogo assim de todo ruim? Vencemos eles em Dallas no ano passado!

Bom, hoje teremos a volta de Bobby Wagner, o que já é um up e tanto no nosso já enfraquecidíssmo front seven, ainda não poderemos contar com KJ Wright, e Mychal Kendricks está listado como questionável, soma-se a isso o fato de na secundaria, Earl Thomas estar hoje numa incógnita, joga ou não joga por questões ainda desconhecidas por todos, nossa, isso da uma medida do quão sem direção estamos

É sabido que temos um dos piores, senão o pior, pass rush da liga, conseguiremos alcançar Dak Prescott? Conseguiremos acelerar seus passes? Conseguiremos conter Ezekiel Elliot? Posso responder com toda sinceridade, missão difícil, nas nossas atuais condições, quase impossível.

Então só resta uma esperança pra pobre equipe de Seattle, Russell Wilson.

Mas aqui também reside, pra muitos, um dos nossos problemas.

Em 7 anos jogando como profissional, Russell nunca foi tão confrontado como está sendo atualmente, afinal, será ele um dos problemas pra nossa unidade de linha ofensiva jogar sempre tão mal? Será que o fato de ele não ter quase nenhuma presença de pocket, ajuda o mesmo a colapsar quase que instantaneamente pós snap?

Sim e não.

É fato que com exceção de Duane Brown, todos os outros nossos jogadores são de médio pra ruim, é sabido que nenhum deles mostram-se capazes contra pass rushes agressivos ou sistemas de blitzes, mas também é fato que os scrambles precipitados de Wilson, a deficiência na leitura de mais de 2 rotas, quando a proteção e os bloqueios se desenvolvem bem, também tem uma grande parcela de culpa nos tantos sacks sofridos por ele.

Esse é um grande fator em qualquer jogo de Seattle, pois assim, qualquer time na liga poderá nos trazer problemas apenas pressionando nas trincheiras.

Sendo assim, certamente hoje será mais um dos muitos jogos duros que termos neste ano, sim meus camaradas, não se espantem com quem sabe apenas 2 vitoria esse ano, pois repito, qualquer equipe minimamente arrumada na liga, pode facilmente fazer frente ao grupo pobre de Seattle.

E hoje com Dallas não poderá ser diferente, não podemos dizer que a batalha dos turnovers decida algo, porque mesmo as vencendo em ambos os jogos anteriores, nosso ataque anêmico conseguiu desperdiça-las, snap após snap.

É duro dizer, mas neste ano, somos a terceira pior equipe de futebol americano na liga, isso é uma realidade, assim como será nossa sina todos os domingos, lutar para….não perder.

Até a próxima meus camaradas, e sempre….GO HAWKS!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: