Seattle at Arizona – Pré Jogo

Semana 4, já temos ¼ da temporada completado, como as coisas boas da vida passam rápido.

 

Como vão vocês meus camaradas, confrades, torcedores dessa maravilhosa franquia que tanto nos alegra quanto da dor de cabeça não é mesmo.

Olhem eu aqui novamente pra escrever o pré-jogo semanal, agora vamos pro deserto de Arizona, encarar a já tradicional pedra no sapato, o enfraquecido, porem ainda encardido, time dos Cardinals.

Assim como o nosso time, Arizona enfrenta um processo de quase reestruturação, não foram tantas perdas como em Seattle, mas foram também importantíssimas. Depois de uma temporada marcada por um péssimo futebol americano jogado, por lesões de grandes nomes, eis que o excelente HC Bruce Arians e o ótimo QB Carson Palmer não voltaram para este ano, o que abriu obviamente duas gigantes lacunas, não se encontra na esquina uma dupla como essa, adicione ai nomes como Tyrann Mathieu e Jaron Brown que também saíram da equipe, e temos um time com bastante problemas, e temos visto ao longo dessas 3 semanas.

Arizona tem o pior sistema de ataque da liga, tendo em 3 semanas anotado inacreditáveis 20pts!!

O que esperar desse jogo? Vejamos.

 

Depois também de um inicio muito tumultuado com dois jogos perdidos por pura incompetência tanto de comando técnico, quanto de jogadores, Seattle parece estar voltando aos trilhos depois de uma vitória convincente contra a boa equipe dos Cowboys no ultimo domingo.

Sim meus amigos, tivemos uma ótima atuação da  nossa já famosíssima (pelos motivos errados) linha ofensiva, não apenas protegendo mas também cuidando dos gaps pro nosso jogo corrido, e depois de quase 2 anos, um RV nosso passou da linha das 100 jardas terrestres..uhuuuull, comemoramos muito! Mas se tem uma lei que sempre regeu a NFL, é a de que cada jogo é um jogo, e podem confiar meus amigos, Arizona não deixará nada fácil amanha.

 

Pass Rush

Arizona conta com dois principais nomes aqui nesse setor, o excelente e uma estrela não so da equipe mas da liga ao todo, Chandler Jones, líder em sacks no ano passado e Robert Nkemdiche, bom DT na pressão e muito bom na contenção ao jogo terrestre. Caso a ótima atuação da nossa linha se repita amanha, podemos não ter problemas, caso contrario, poderá ser uma longa noite em Arizona, olho nesses dois nomes.

Já Seattle tem problemas nesse setor muito por conta da constância durante o jogo, porque ao todo temos bons nomes até, Frank Clark vai surgindo como uma das nossas estrelas no time, Jarran Reed excelente e sempre solido no miolo da trincheira. Percebemos ate que são unidades semelhantes.

Houve uma melhora considerável no jogo contra Dallas, onde conseguimos 5 sacks em Dak Prescott, ainda contando com uma ótima linha ofensiva.

Aqui está uma grande chave que pode decidir o jogo, a famosa batalha das trincheiras, vejo ambos iguais aqui.

O que nos leva ao segundo fator de decisão nesse jogo, eles irão precisar aparecer, os Quarterbacks, e aqui a vantagem de Seattle é gigantesca.

 

QBs

Depois de um jogo lamentável, mais um em sua decepcionante carreira, Sam Bradford foi substituído ao fim do terceiro quarto no jogo contra os Bears, pelo calouro Josh Rosen.

Vindo de ótimos anos na UCLA, Rosen foi draftado pelos Cardinals na decima escolha. A ideia inicial era ele pegar experiência e familiaridade com o playbook tendo um ano de aprendizado, mas a incompetência abissal de Bradford não permitiu e amanha teremos sua estreia contra a nossa ainda muito boa defesa, o garoto será jogado aos leões, e eles tem nome, Earl Thomas, Bradley McDougald e Shaquill Griffin. Querem uma curiosidade? No primeiro drive dele no ultimo domingo, ele lançou uma INT que acabou o jogo!

Do outro lado temos um feliz Russell Wilson, mas porque feliz? Estamos 1-2 ora bolas!

Mas o nosso garoto está sim, e tem motivos, como já dito acima, finalmente ele parece que vai ter a proteção adequada de sua OL, bons ventos sopram em Seattle.

Como já escrevi, Arizona se quiser algo nesse jogo, terá de mandar pressão, aqui Russell pode encontrar os buracos na secundaria adversaria, mesmo que ainda conte com o ótimo Patrick Peterson, a unidade vem com sérios problemas nesse ano, e o HC com mentalidade defensiva Steve Wilks, está tendo muitas dificuldades em resolve-los. Poderemos esperar por um grande jogo de Wilson, tal qual ele já está acostumado a ter em Arizona. Uma novidade é que pra esse jogo também contará com a volta de seu alvo preferido, Doug Baldwin.

 

 

 

São os dois pontos que acho cruciais nesse jogo, a trincheira decidirá o vencedor, como sempre está sendo a tônica nos duelos entre esses times nos últimos anos.

Também poderia citar a interessante batalha dos RBs, de um lado o excelente, porém vindo de contusão David Johnson e o nosso Chris Carson em franca ascensão, mas não acho que ambos terão grande jogo haja vista as capacidades de ambos os times contra o jogo terrestre, em outros tempos diria que Johnson correria pra mais de 100 jardas mas ele ainda está tentando voltar a velha forma.

Enfim, fazendo uma previsão baseada nos últimos jogos das equipes, ou seja, em nada, porque isso na NFL nada significa, os Bills estão ai pra mostrar, diria que teremos uma vitória relativamente tranquila, com mais um grande jogo de nossa secundaria, de nossa linha ofensiva e obvio de Russell Wilson.

Assim termino mais essas mal escritas linhas, tenham uma ótima noite de sábado e um grande jogo do nosso time no domingo, GO HAWKS!.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: