A superação de Hasselbeck

 

Entre os dias 18 e 21 de Setembro de 2003, Seattle recebia uma conferencia da ILTER, que visava criar uma rede ecológica a longo prazo em vários lugares do mundo. Especificamente no dia 21, era discutida a situação da Eslovênia, país do Leste Europeu, que era aceito na ILTER finalmente. E também, no mesmo dia 21, as 16h06, o então Seahawks Stadium receberia o confronto entre Seattle Seahawks vs St. Louis Rams, na terceira semana da presente temporada. Os times vinham de campanhas parecidas até aquela rodada, ambos com 2-0. Seahawks era dirigido pelo grandissimo Mike Holmgren, enquanto o Rams era dirigido por Mike Martz.

A bola começaria com o Seahawks no primeiro drive, mas seria em um drive dos Rams que o Seahawks conseguiria seus primeiros pontos, em um fumble recuperado na Endzone, o linebacker Orlando Huff marca o primeiro touchdown do Seahawks, abrindo 7-0 após o extra point convertido por Josh Brown. O Seahawks stadium fervia naquele momento. Com a bola voltando para o Rams, em um drive curto, logo após Hasselbeck ser interceptado, uma corrida de 3 jardas de Marc Bulger e o Rams empataria a partida, ficava 7-7 o jogo, que assim permaneceria até o final do primeiro quarto.

Seneca Wallace, um dos destaques da partida

Com o segundo quarto correndo, as defesas mostravam trabalho, até em mais um drive do Rams, Bulger lança 7 jardas para Isaac Bruce marcar o touchdown, e assim o Rams virar a partida a seu favor, 14-7 até o momento. E as defesas continuavam dominando, e faltando pouco mais de 2 minutos para o fim do segundo quarto, o kicker Jeff Wilkins chuta para 28 jardas e coloca uma boa diferença até o momento, deixando o Seahawks em uma situação complicada 10 pontos atrás tendo o TMW pela frente para tentar diminuir essa diferença. E ao final do TMW, Josh Brown converteria um chute de 37 jardas e diminui novamente a diferença em 7 pontos, ficando 17-10 favorável ao time de St. Louis ao final do segundo quarto.

No terceiro quarto a situação seria a mais favorável possível para o Rams tentar pontuar logo em seu primeiro drive, pois seria quem iniciaria com a bola. E em seu primeiro drive conseguiu converter um field goal de 33 Jardas em mais um excelente chute de Wilkins. A defesa do Rams estava muito bem e não dava espaço para o Seahawks conseguir sequer entrar em posição de chutar. Ao final desse período totalmente dominado pelo Rams, novamente Wilkins converte um chute de 33 jardas, colocando uma diferença bem maior no placar, com o fim do terceiro quarto, Rams vencia por 23-10.

Defesa do Rams domina a partida

Com o Rams vencendo com 13 pontos de diferença, a vitória estava praticamente garantida, e com a partidaça que sua defesa estava fazendo, não precisava de muita coisa para garantir a vitória. Até que, em um drive excelente do Seahawks, com passes rápidos e precisos de Matt Hasselbeck, em um passe de 15 jardas para Darrell Jackson, o Seahawks diminuiria a diferença para apenas uma posse de bola, deixando o placar em 23-17 favoravel ao Rams após mais uma conversão de Brown. Quando a bola voltava para o Rams, na primeira tentativa de passe de Bulger, ele seria interceptado por Reggie Tongue e a bola voltaria para o Seahawks, parecia que iria dar, mas nesse mesmo drive do Seahawks, Brown erraria um field goal de 47 jardas, e a partir desse momento, a defesa do Rams continuaria doutrinando e o ataque conseguindo perder o máximo de tempo o possível, e quando faltavam pouco mais de 2 minutos para o final da partida, o quarterback Marc Bulger seria interceptado novamente, dessa vez por Anthony Simmons, e assim manteria acesa a chama da esperança para o Seahawks. Faltavam pouco mais de 2 minutos e o Seahawks precisaria de um touchdown para virar a partida. E em um drive perfeito de Hasselbeck, quando faltavam 3 jardas, ele encontra Koren Robinson na endzone e aí o touchdown de empate para o Seahawks, estava 23-23 e Brown precisaria converter o extra point para a virada. Com o Extra Point convertido, Seahawks estaria novamente na frente do Rams, com o placar de 24-23. O momento era de total euforia e ao msmo tempo de preocupação, pois o Rams ainda teria 1 minuto pela frente, e em movimentos perfeitos da defesa, não deixaram o Rams avançar e conseguem o turnover on downs para a vitória do Seahawks.

Hasselbeck e Dilfer comemorando a vitória.

Mais um momento gigante assinado por Coach Holmgren e Matt Hasselbeck em Seattle com uma vitória emocionante nos últimos segundos. Colocando Seahawks na liderança da divisão com campanha 3-0 e deixando o Rams em segundo com campanha 2-1.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: